Coletivo x Individual: vocação para ser servidor público!

Por Claudete Pessôa

Ser servidor é estar a serviço do público e não se servir do público! A pretensão de muitos em se tornar servidor público deve passar pela avaliação de seu futuro enquanto atitude profissional que deve ser voltada para o senso de coletividade.

Quem não consegue se abster de suas rotinas e se privar de certos confortos em prol de um bem maior, não deve tentar ou ingressar no serviço público. Decisão e atitudes precisam ser coerentes e harmônicas com a missão institucional de um Estado Democrático de Direito, onde o interesse público deve prevalecer.

É tempo de agir como ser coletivo. O individualismo cego e egoísta não pode continuar. Pior ainda é fazer uso da coisa pública em prol de interesses particulares. Cada um tem que assumir a sua responsabilidade de tomar decisões e atitudes em prol da sociedade,de todos.

O Coronavírus nos leva a refletir o tamanho da nossa responsabilidade coletiva. Quem não consegue ter pensamento coletivo, não deveria se beneficiar da estrutura pública e muito menos se aventurar como agente público.

Não importa o tipo contratual do agente público, seja efetivo, comissionado, celetista, eletivo ou qualquer outro, ao assumir sua missão pública, quando da investidura, todos nós prestamos o compromisso de bem e fiel desempenhar a função pública em prol da coletividade. Deve ser abandonado o pensamento individualista e desenvolvido o senso de pertencimento e submissão ao bem comum, à paz social, à sociedade democrática brasileira.

Conclamo a todos os concurseiros a refletir sobre este seu compromisso com a causa pública, neste momento em que estamos vivenciando uma pandemia causada pelo coronavírus. Vamos seguir as orientações das autoridades públicas e dos infectologistas. Colaborar e agir em prol do Brasil. É tempo de isolamento e por uma causa coletiva. É tempo de se afastar do contato pessoal para se aproximar da verdadeira cidadania, onde todos assumem o seu papel fundamental na construção do futuro de nossa sociedade.

Vamos nos comprometer com os milhares de servidores públicos da saúde que precisam trabalhar incansavelmente em cenário de total desvalorização e desmotivação. São eles os nossos verdadeiros heróis, são eles que estão nas unidades de saúde de atendimento ao público, firmes, pois sabem que a sociedade brasileira precisa deles e, mais ainda, cumprem o compromisso da investidura apesar de tudo e de todos!

Rogo que você, que deseja ser servidor público, já inicie sua missão pública e divulgue as notícias corretas, combata fakenews. Conscientize familiares e amigos, lute pelo coletivo, atue em defesa da sociedade brasileira.

Essa é uma missão de todos nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *